Unterwegs mit der “Ferkeltaxe” – Auf schmaler Spur [Na estrada com o “Ferkeltaxe” – em uma pista estreita]

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Assista a este documentário com legendas em alemão! As legendas alemãs não são geradas automaticamente! Trata-se de legenda em alemão verdadeira! Assistir a documentários alemães ‘e a melhor maneira para melhorar seu Hörverstehen!

Documentário alemão com legenda

Conteúdo em alemão

Auf den ersten Blick wirken sie unspektakulär, doch sie sind emsige Arbeitstiere: Die sogenannten Schienenbusse. Einige wenige Enthusiasten halten die Erinnerung an sie lebendig. In Schleiz gehen Astrid und Michael Rauchfuß noch regelmäßig mit dem “Uerdinger Schienenbus” auf Tour. Sylvio Köstner und seine Mitstreiter starten von Chemnitz aus mit der “Ferkeltaxe” zu Sonderfahrten. Einst galten Schienenbusse als Retter der Nebenbahnen. Mit ihnen konnten sowohl Reichsbahn als auch Bundesbahn in den sechziger und siebziger Jahren Eisenbahnstrecken mit wenigen Fahrgästen noch wirtschaftlich betreiben. Inzwischen sind “Ferkeltaxe” und “Uerdinger” offiziell längst von den Strecken verschwunden.
Was treibt die Schienenbus-Enthusiasten an, die Retter von einst nun selbst zu retten? Wo liegen die größten Schwierigkeiten, ein halbes Jahrhundert alte Fahrzeuge immer und immer wieder durch den Schienen-TÜV zu bringen und wie reagieren die Fahrgäste heutzutage auf die früher kaum beachteten Dieseltriebwagen?
Wie immer bei “Auf schmaler Spur” geht es auch diesmal um die Frage, welche Figur die porträtierten großen Fahrzeuge auf den Modellbahn-Anlagen des Landes machen.

Conteúdo em português

À primeira vista, parecem pouco espectaculares, mas são cavalos de trabalho ocupados: os chamados autocarros ferroviários. Alguns entusiastas mantêm viva a memória deles. Em Schleiz, Astrid e Michael Rauchfuß continuam regularmente em digressão com o “Uerdinger Schienenbus”. Sylvio Köstner e os seus camaradas de armas partiram de Chemnitz em viagens especiais com o “Ferkeltaxe”. Os autocarros ferroviários foram outrora considerados o salvador das linhas de ramais. Com eles, tanto a Reichsbahn como a Bundesbahn conseguiram ainda operar linhas ferroviárias com poucos passageiros economicamente nos anos sessenta e setenta. Entretanto, “Ferkeltaxe” e “Uerdinger” desapareceram oficialmente das linhas há muito tempo. O que leva os entusiastas dos autocarros ferroviários a salvar os próprios socorristas de outrora? Quais são as maiores dificuldades em fazer passar veículos com meio século de idade pela MOT ferroviária vezes sem conta, e como é que os passageiros reagem hoje em dia aos vagões a diesel que outrora quase não eram notados? Como sempre com “On Narrow Gauge”, a questão é também, desta vez, qual o número que os grandes veículos retratados fazem no modelo de traçado das vias férreas do país.

Tradução automática do resumo feita por www.deepl.com! Se você encontrar um erro, escreva um comentário ou envie-me uma mensagem por WhatsApp ou um e-mail!

Johannes

Johannes

Escreva um comentário

Sumário

Cadastre-se no Newsletter

* obrigatório

Quando você estiver inscrito no Newsletter, você não vai perder nenhuma novidade!

Start a Conversation

Hi! Click one of our member below to chat on Whatsapp

Suporte técnico

Suporte técnico

Suporte técnico - mande uma mensagem!

online

Tempo limitado!

Todos os cursos com 25% de desconto!