Soldatin im Krisengebiet – Lenas Einsatz in Afghanistan [Soldada numa zona de crise – destacamento da Lena para o Afeganistão]

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
https://www.youtube.com/watch?v=YDTj1BFYLZo
Assista a este documentário com legendas em alemão! As legendas alemãs não são geradas automaticamente! Trata-se de legenda em alemão verdadeira! Assistir a documentários alemães ‘e a melhor maneira para melhorar seu Hörverstehen!

Documentário alemão com legenda

Conteúdo em alemão

Lena ist Oberleutnantin zur See bei der Bundeswehr. Bald beginnt für sie ein Einsatz in einem der weltweit größten Krisengebiete: Afghanistan. Die 27-jährige Soldatin wird dort als Medienexpertin afghanische Journalistinnen und Journalisten bei ihrer Arbeit beraten.
Fünf Monate lang wird das Camp Marmal, der Bundeswehr-Stützpunkt im Norden Afghanistans, Lenas neues Zuhause. Mit mehr als 2.000 anderen Soldatinnen und Soldaten aus rund 19 Nationen ist sie Teil der Nato-Mission “Resolute Support”. Für ihr Leben im Militärcamp gibt Lena nicht nur den heimischen Komfort in Mayen auf, sondern nimmt auch Risiken auf sich, denn die Sicherheitslage im kriegszerstörten Land ist labil. Immer wieder gibt es schwere Anschläge.
Lena und ihr Team gehören zu den Wenigen, die das gesicherte Camp Marmal verlassen dürfen. Ihre Arbeit führt sie ins Bawar Media Center, ein Medienhaus der afghanischen Sicherheitskräfte. Auf ihrem gefährlichen Arbeitsweg wird sie von der Force Protection begleitet, also von Soldaten mit spezieller Kampf- und Waffenausrüstung.
Trotz hartem Arbeitsalltag im Krisengebiet ist für Lena diese Zeit persönlich und beruflich eine wichtige Erfahrung. Der intensive Kontakt zu Afghaninnen und Afghanen, die Sicht auf das nahegelegene Marmal-Gebirge, die Freundschaft mit ihrer Kameradin Siggi – für die junge Soldatin ist der Auslandseinsatz eine Bereicherung, trotz des Risikos im Krisengebiet.

Conteúdo em português

Lena é um primeiro tenente no mar na Bundeswehr. Em breve iniciará uma missão numa das maiores áreas de crise do mundo: Afeganistão. O soldado de 27 anos de idade trabalhará lá como perito em assessoria aos jornalistas afegãos no seu trabalho. Durante cinco meses, o Campo Marmal, a base da Bundeswehr no norte do Afeganistão, será a nova casa de Lena. Juntamente com mais de 2.000 outros soldados de cerca de 19 nações, ela faz parte da missão da OTAN “Apoio Resoluto”. Pela sua vida no campo militar, Lena não só abdica do conforto de casa em Mayen, como também assume riscos, porque a situação de segurança no país devastado pela guerra é instável. Lena e a sua equipa estão entre os poucos que estão autorizados a abandonar o seguro Campo Marmal. O seu trabalho leva-a ao Centro dos Media de Bawar, uma casa dos media dirigida pelas forças de segurança afegãs. Na sua perigosa forma de trabalhar, é acompanhada pela Protecção de Forças, ou seja, soldados com equipamento especial de combate e armas. Apesar do árduo trabalho diário na área de crise, desta vez é uma experiência importante para Lena, tanto a nível pessoal como profissional. O contacto intensivo com afegãos, a vista das Montanhas Marmíferas próximas, a amizade com o seu camarada Siggi – para o jovem soldado, o destacamento estrangeiro é enriquecedor, apesar do risco na zona de crise.

Tradução automática do resumo feita por www.deepl.com! Se você encontrar um erro, escreva um comentário ou envie-me uma mensagem por WhatsApp ou um e-mail!

Johannes

Johannes

Escreva um comentário

Sumário

Cadastre-se no Newsletter

* obrigatório

Quando você estiver inscrito no Newsletter, você não vai perder nenhuma novidade!

Start a Conversation

Hi! Click one of our member below to chat on Whatsapp

Suporte técnico

Suporte técnico

Suporte técnico - mande uma mensagem!

online

Tempo limitado!

Todos os cursos com 25% de desconto!