Saisonstart: Schinkenfrauen und Spargelmacher [Início da temporada: mulheres de presunto e fabricantes de espargos]

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Assista a este documentário com legendas em alemão! As legendas alemãs não são geradas automaticamente! Trata-se de legenda em alemão verdadeira! Assistir a documentários alemães ‘e a melhor maneira para melhorar seu Hörverstehen!

Documentário alemão com legenda

Conteúdo em alemão

Spargel aus der Region und dazu Holsteiner Katenschinken: Beide Spezialitäten gehören für viele Norddeutsche zum Frühlingsanfang dazu. Damit es auch diesmal zu einem gelungenen Saisonauftakt kommt, stehen Spargelmacher Bastian Soltau und die “Schinkenfrauen” Vanessa und Kerstin Oberlies in den Startlöchern.

Während auf dem Acker in Barsbüttel alle darauf warten, dass die weißen Köpfe des Spargels aus der Erde treiben, wird im Familienbetrieb in Quickborn Schinken gesalzen, geräuchert und zerlegt. Doppelt so viel wie sonst. Denn: Spargelzeit ist Schinkenzeit. Auf traditionelle Art und Weise nehmen die Frauen jeden Schinken 100 Mal in die Hand, bevor er reif ist. Seit 2012 trägt der Klassiker Holsteiner Katenschinken aus Schleswig-Holstein den EU-Herkunftsschutz.

Bastian Soltau hofft, dass seine Erntehelfer*innen trotz Corona-Entwicklungen einsatzbereit sind, wenn das Gemüse reif ist. Vanessa Oberlies und ihre Mutter hoffen, dass sie gut kalkuliert haben, damit am Ende genug Schinken für alle da ist.

“Die Nordreportage” begleitet zwei Familienbetriebe in Schleswig-Holstein dabei, wie sie sich für ihre Erzeugnisse einsetzen, damit sie in bester Qualität zur Kundschaft kommen.

Conteúdo em português

Espargos da região e presunto Holstein: Ambas as especialidades fazem parte do início da Primavera para muitos alemães do norte da Alemanha. Para assegurar um início de temporada bem sucedido, o fabricante de espargos Bastian Soltau e as “senhoras do presunto” Vanessa e Kerstin Oberlies estão à espera nas asas. Enquanto todos no campo em Barsbüttel estão à espera que as cabeças brancas de espargos brotem da terra, a empresa familiar em Quickborn está a salgar, a fumar e a cortar presunto. Duas vezes mais do que o habitual. Porque: O tempo dos espargos é o tempo do presunto. Da forma tradicional, as mulheres tomam cada presunto nas suas mãos 100 vezes antes de estar maduro. Desde 2012, o clássico Holsteiner Katenschinken de Schleswig-Holstein tem sido protegido como um produto da UE. Bastian Soltau espera que as suas ceifeiras estejam prontas para a acção quando os vegetais estiverem maduros, apesar dos desenvolvimentos da Corona. Vanessa Oberlies e a sua mãe esperam ter calculado bem para que, no final, haja presunto suficiente para todos. “Die Nordreportage” segue duas quintas familiares em Schleswig-Holstein enquanto trabalham para assegurar que os seus produtos chegam aos seus clientes com a melhor qualidade possível.

Tradução automática do resumo feita por www.deepl.com! Se você encontrar um erro, escreva um comentário ou envie-me uma mensagem por WhatsApp ou um e-mail!

Johannes

Johannes

Escreva um comentário

Sumário

Cadastre-se no Newsletter

* obrigatório

Quando você estiver inscrito no Newsletter, você não vai perder nenhuma novidade!

Start a Conversation

Hi! Click one of our member below to chat on Whatsapp

Suporte técnico

Suporte técnico

Suporte técnico - mande uma mensagem!

online

Tempo limitado!

Todos os cursos com 25% de desconto!