Neue Busfahrer für Mainz – Ausbilder Frenz und die Flüchtlinge [Novos motoristas de ônibus para Mainz-treinador Frenz e os refugiados]

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
https://www.youtube.com/watch?v=y7HQ_HFnPEo
Assista a este documentário com legendas em alemão! As legendas alemãs não são geradas automaticamente! Trata-se de legenda em alemão verdadeira! Assistir a documentários alemães ‘e a melhor maneira para melhorar seu Hörverstehen!

Documentário alemão com legenda

Conteúdo em alemão

Als Ausbildungsleiter der Mainzer Verkehrsgesellschaft steht Peter Frenz vor einer seiner größten Herausforderungen. Er muss Busfahrer ausbilden, aber keiner will den Job mehr machen. Den Verkehrsbetrieben fehlt es an Nachwuchs.

Bei den Verkehrsbetrieben kam man 2015 auf die Idee, den Nachwuchs in Unterkünften für Geflüchtete zu rekrutieren und so kommen Peter Frenz Schützlinge aktuell aus Afghanistan, Somalia und Syrien.

Der deutsche Verkehr, die deutsche Sprache, vor allem aber der rheinhessische Dialekt machen ihnen aber zu schaffen. Auch die Theorie in der Berufsschule ist schwierig: Betriebswirtschaft, Sozialkunde und Routenplanung. Peter Frenz gibt sein Bestes, um seinen Schülern zu helfen. Bisher Tshalabi aus Syrien hat schon zwei Jahre seiner Ausbildung hinter sich, er überlegt aber aufzugeben, weil die Hürde der Berufsschule sehr hoch ist. Hosein Ayan Kherabadi aus dem Iran wird in drei Monaten seine Abschlussprüfung machen. Er ist nervös, es ist die wichtigste Prüfung seines Lebens, wie er sagt. Wird Peter Frenz es schaffen, seine Schützlinge durch die Prüfung zu bringen?

Conteúdo em português

Como chefe de formação na Mainzer Verkehrsgesellschaft, Peter Frenz enfrenta um dos seus maiores desafios. Tem de formar condutores de autocarros, mas já ninguém quer fazer o trabalho. Em 2015, a empresa de transportes teve a ideia de recrutar a próxima geração em alojamento para refugiados, pelo que os protegidos de Peter Frenz vêm actualmente do Afeganistão, Somália e Síria. O tráfego alemão, a língua alemã e, acima de tudo, o dialecto Reno-Hessiano, dão-lhes um mau tempo. A teoria na escola profissional também é difícil: administração de empresas, estudos sociais e planeamento de rotas. Peter Frenz faz o seu melhor para ajudar os seus alunos. Bisher Tshalabi da Síria já completou dois anos da sua formação, mas está a considerar desistir porque o obstáculo da escola profissional é muito elevado. Hosein Ayan Kherabadi, do Irão, fará o seu exame final dentro de três meses. Ele está nervoso, é o exame mais importante da sua vida, como ele diz. Será que Peter Frenz conseguirá fazer passar o seu protegido através do exame?

Tradução automática do resumo feita por www.deepl.com! Se você encontrar um erro, escreva um comentário ou envie-me uma mensagem por WhatsApp ou um e-mail!

Johannes

Johannes

Escreva um comentário

Sumário

Cadastre-se no Newsletter

* obrigatório

Quando você estiver inscrito no Newsletter, você não vai perder nenhuma novidade!

Start a Conversation

Hi! Click one of our member below to chat on Whatsapp

Suporte técnico

Suporte técnico

Suporte técnico - mande uma mensagem!

online

Tempo limitado!

Todos os cursos com 25% de desconto!