Mama wird bald sterben [Mãe vai morrer em breve]

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Assista a este documentário com legendas em alemão! As legendas alemãs não são geradas automaticamente! Trata-se de legenda em alemão verdadeira! Assistir a documentários alemães ‘e a melhor maneira para melhorar seu Hörverstehen!

Documentário alemão com legenda

Conteúdo em alemão

Ute war 46 Jahre alt, als sie die Diagnose Brustkrebs bekam. Bald stellte sich heraus: Die Gelsenkirchenerin hatte bereits Metastasen in Lunge, Leber, Knochen und Gehirn. Der Arzt eröffnete ihr, dass sie nicht mehr lange leben wird. Ein Schock, nicht nur für Ute, sondern auch für ihren 13jährigen Sohn David, mit dem sie zusammenlebte.

Menschen hautnah-Autorin Justine Rosenkranz hat 2016 erstmals die Geschichte von Ute und David erzählt. 2020 trifft sie David erneut. Wie hat er den Tod seiner Mutter verkraftet? Wie blickt er heute auf die Zeit des Abschieds vor vier Jahren zurück?

Damals, als seine Mutter die Krebsdiagnose bekam, wurde klar, dass David ganz bald ohne Eltern sein würde. Utes Mann und Davids Vater Gerd war bereits Jahre zuvor gestorben. Als Ute klar wurde, dass ihr Sohn bald Waise ist, entschied sie, David ihre Krankheit nicht zu verheimlichen, sondern ihn von Anfang an mit einzubeziehen. Ute wollte alles so vorbereiten, dass ihr Sohn ihren Tod verkraften und weiter behütet in einem neuen Zuhause groß werden kann. Sie holte sich Hilfe bei einer Trauerbegleiterin. Das Sorgerecht wurde Davids Tante und Onkel übertragen.

Viel langsamer als anfangs erwartet schritt der Krebs voran. Aus den prognostizierten sechs Monaten bis zum Tod wurden mehr als zwei Jahre. Jahre des Leidens, der Angst und der Ungewissheit, aber auch eine wertvolle, besondere Zeit für Ute und ihren Sohn.

Conteúdo em português

Ute tinha 46 anos de idade quando lhe foi diagnosticado cancro da mama. Logo se tornou claro que a mulher de Gelsenkirchen já tinha metástases nos pulmões, fígado, ossos e cérebro. O médico disse-lhe que não iria viver muito mais tempo. Um choque, não só para Ute, mas também para o seu filho David, de 13 anos, com quem viveu. A escritora Justine Rosenkranz contou pela primeira vez a história de Ute e David em 2016. Em 2020, volta a encontrar-se com David. Como lidou ele com a morte da sua mãe? Como é que ele olha agora para trás no tempo da separação há quatro anos atrás?nessa altura, quando a sua mãe foi diagnosticada com cancro, tornou-se claro que David ficaria em breve sem pais. O marido de Ute e o pai de David, Gerd, tinham morrido anos antes. Quando se tornou claro para Ute que o seu filho em breve seria órfão, ela decidiu não esconder a sua doença de David, mas envolvê-lo desde o início. Ute queria preparar tudo para que o seu filho pudesse lidar com a sua morte e continuar a crescer abrigado numa nova casa. Ela procurou a ajuda de um conselheiro de luto. A custódia foi dada à tia e ao tio de David. Muito mais lento do que inicialmente esperado, o cancro progrediu. Os seis meses previstos até à morte transformaram-se em mais de dois anos. Anos de sofrimento, medo e incerteza, mas também um tempo precioso e especial para Ute e o seu filho.

Tradução automática do resumo feita por www.deepl.com! Se você encontrar um erro, escreva um comentário ou envie-me uma mensagem por WhatsApp ou um e-mail!

Johannes

Johannes

Escreva um comentário

Sumário

Cadastre-se no Newsletter

* obrigatório

Quando você estiver inscrito no Newsletter, você não vai perder nenhuma novidade!

Start a Conversation

Hi! Click one of our member below to chat on Whatsapp

Suporte técnico

Suporte técnico

Suporte técnico - mande uma mensagem!

online

Tempo limitado!

Todos os cursos com 25% de desconto!